terça-feira, 14 de abril de 2009

VIA INFERNO NA TORRE – 3 PONTÕES – AFONSO CLÁUDIO – ES

Depois de receber uma ligação na quinta feira dia 9 de Abril...Dunada me convocando para uma escalada nos 3 Pontões de Afonso Cláudio junto com Zé Márcio e Fabrício Amaral, e como estou aí pro que der e vier confirmei minha presença e às 19hrs Zé passou pegando a galera para írmos dormir na casa do Robinho lá em Afonso Cláudio-ES que fica a 2hrs de Vitória-ES, escalador local que nos recebe sempre muito bem em sua casa!!!

Como de costume quem vai a casa do Robinho tem que assistir ao video do “Mickey Maaaaaaaaaal”... só vendo para crer como é fértiu a mente de alguns escaladores, hehehehehehe!!!

Acordamos às 5hrs da manhã, tomamos café e rumamos ao objetivo da viagem, 3 Pontões sendo que eu e Dunada iríamos entrar na Via “Inferno na Torre” no Dedinho e Zé com Amaral numa fenda ainda virgem num dos pontões em outra face...

Só que para chegar na base dessas vias tivemos que andar sobre a plantação de milho e capim gordura que batia no peito, para aí sim começar a escalar a 1ª das 2 enfiadas que servem de acesso a base das vias a serem escaladas!!!

Chegamos lá depois de uma caminhada, escalada e trepa-mato...

Baldin tinha me falado que daria para passar em livre o lance de artificial de grampo sobre grampo, e como gosto de novos desafios me lancei em livre super empolgado pois a cada grampo que passava minha felicidade aumentava por conseguir tal façanha, mas deu para chegar somente após o tetinho uns 30m com crux de 7a, porque apartir dos buracões em diante as agarras estavam muito podres, mas ainda tentei passar em livre, quando a 1ª agarra que peguei explodiu e me jogou de cabeça pra baixo ainda bem que Dunada estava bem experto na segue, aí não tive outra escolha tive que abrir mão e passar uns 20m de artificial até chegar no platozão onde foi o palco que deu origem ao nome da via, após a explosão do fugareiro e um pequeno incêndio que se formou no lugar!!!

Depois foi só fixar a corda para Dunada vir jumareando e írmos para a próxima enfiada...
Para quem gosta de sentir um friozinho na barriga é apartir da 2ª enfiada que começa a parte de circular o Dedinho tendo que escalar meio que numa diagonal saindo do platozão com um penhasco de uns 300m de altura para baixo, Ihuuuuuuuuuuuu...é uma escalada bem tranquila, que vai até um bloco onde está a parada!!!

Agora faltava somente a última enfiada e cume, é nessa parte que aconselho a quem não gosta de lances de exposição de usar um frend de tamanho 1 ou 2 pois rola já na saída um esticão na diagonal indo para um piton...

Cume = Sensação de realização por conseguir superar dificuldades e medos e ainda o prazer da companhia de um grande amigo por ter vencido mais uma aventura!!!

É claro que a escalada não acaba depois que chega no Cume, temos que voltar e pra isso usamos o artifício do rapel onde costumam acontecer os problemas, e no nosso caso o rapel não foi problema e sim na hora de puxar a corda, rolou muito atrito na corda e tivemos que fazer algumas reduções no 1º e 3º rapeis, por conta disso acabamos demorando e a noite caindo junto com uma leve chuvinha que chegou a preoculpar na decida obrigando fazer mais 2 rapeis em árvores até por fim chegar em solo firme e seguro...

Agradeço ao Roberto Tristão e Gilberto Azevedo por terem se lançado em 1996 e conquistado essa via, indico a todos que quiserem fazer pois vale muito a pena chegar lá em cima e ter o prazer de escrever no livro de cume e ver a Pedra Azul lá no final da paisagem!!!

Agradeço ao Robinho que nos recebeu muito bem em sua casa!!!

E a galera que participou dessa trip, Dunada, Zé Márcio e Fabrício Amaral, Valeu demais pessoal por fazerem parte dessa famíla que é a escalada, abração!!!





3 Pontões de Afonso Cláudio - ES

Galera indo ao objetivo... Passando em Livre o 1º lance de artificial até os buracões...

Eu e Dunada no Cume do Dedinho!!! Zé e Amaral no Cume do Pontão Maior!!!

3 comentários:

Fred disse...

putzzzzzz....Sensacionaaaaallllll!
Boa mulek, é isso ai!!! Fiquei aqui na torcida!
ihoooo....é noixx

BALDIN disse...

Uála!
Te falei né... toca, toca.
Vamos limpar a parte de cima pra mepar a enfiada todaaa!
Mandou bem fih.

Anônimo disse...

Amigos, muito obrigado pelos elogios a mim e ao meu grande amigo-irmão Gilberto Araujo, só depois de 14 anos que vim ver estes elogios, muito obrigado, sabemos que esta escalada poderia ter sido feita em menos tempo, mas opitamos por faze-la mais segura, parabens por vcs terem feito o primeiro lance em livre...muito radical, parabens mesmo. depois desta escalada ainda fizemos a escalada da Pedra Azul até o buraco maior, muito linda tambem... perto de Venda Nova do Imigrante...tambem vale a pena...
Hoje estou morando no Amazonas, e só estou voando de paramotor, Com carinho, grande abraço, a Vcs.

Roberto Tristão